Gostou? Incentive o autor!

Para investidores experientes e arrojados, o day trade é uma estratégia interessante e que pode lhe ajudar a conseguir lucros ainda mais altos.

Basicamente, a operação consiste em comprar e vender ativos no mesmo dia, aproveitando-se das oscilações do mercado e lucrando com elas. Mas será que o day trade é realmente interessante para o seu perfil? Siga lendo este conteúdo para descobrir!

O que é day trade?

Day Trade é uma operação de curtíssimo prazo que envolve a compra e a venda de um ativo no mesmo dia. O objetivo com isso é ganhar dinheiro a partir da variação de preço com as rápidas oscilações do mercado.

Vamos supor que você compre uma ação da Petrobrás às 10h00 por R$15 e a vende às 16h00 por R$16 – essa foi uma operação de day trade, com um lucro de R$1 por ativo.

Quem realiza esse tipo de operação é conhecido como day trader e o ato de fazer day trade também pode ser chamado de day trading.

Hoje em dia, vemos cada vez mais day traders no mercado. Porém, também há muitos mitos ao redor da profissão. E nós vamos explicá-los detalhadamente ao longo desse conteúdo.

Como funciona o day trade?

Basicamente, o day trading relaciona-se à compra de ações quando estão em baixa e a venda quando estão em alta. Mas o grande “pulo do gato”, nesse caso, é saber identificar a alta e a baixa do mercado.

Esse é um grande desafio justamente devido ao período tão curto de tempo. Uma das formas mais usadas é por meio da análise técnica. Ela se baseia na cotação, no volume das transações, nas médias móveis e nos padrões que os gráficos formam.

Essa análise não considera as empresas, apenas os dados dela no pregão, como preço e outros pontos. A questão sobre o resultado da empresa é observada pela análise fundamentalista. Quando se une as duas, é possível ter uma visão mais detalhada.

Por exemplo, o gráfico pode indicar o melhor momento para comprar uma ação e a análise fundamentalista indica quais são as ações mais seguras para você operar.

Além de comprar e vender ações, o day trader também pode atuar com a venda seguida da compra, a chamada venda a descoberto.

 

Vamos aos exemplos:

1) compra seguida da venda: você adquire um lote de ações às 10h pagando R$10 por ação e às 13h você vende cada papel por R$10,50, ganhando R$ 0,50 por ação;

2) venda seguida da compra: você vende um lote de ações às 10h por R$10 cada e às 14h recompra os papéis por R$9, lucrando R$1 por ação.

Quando vale a pena apostar no day trade?

Já deu para notar que o day trade é uma atividade de curtíssimo prazo, não é? Por isso e pelo seu caráter especulativo, esse tipo de operação apresenta altos riscos. O principal está relacionado à ocorrência de eventos inesperados no meio do pregão que acabam fazendo com que o mercado se movimente em direções opostas ao que era esperado.

Se você, por exemplo, comprou um lote de ações esperando que elas valorizassem, mas durante o pregão elas acabam caindo, você acabará tendo de lidar com uma perda – um risco real e frequente de quem faz day trade.

Outro risco está ligado às suas próprias emoções ou indisciplina. Por exemplo, quando você não realiza a estratégia que havia planejado, deixa-se levar pelo entusiasmo do momento – e depois tem de lidar com perdas significativas.

Por isso, o day trade é mais indicado para investidores experientes, que conhecem o mercado e sabem analisá-lo e, também, que tenham um bom controle emocional e saibam fazer uma gestão de riscos acertadas.

Vantagens

Se esse é o seu perfil, saiba que as operações de day trade oferecem uma série de vantagens, como:

  •         agilidade, ou seja, todo lucro ou prejuízo que você obtiver em uma operação será apurado no mesmo dia, sendo necessário sempre “zerar as operações” (encerrá-las) sempre até o fim do pregão;
  •         operações podem ser feitas com alavancagem, que é um limite oferecido pela corretora de valores para que o investidor negocie um valor superior ao que ele realmente possui. Assim, você poderá fazer operações maiores (com mais papéis), aumentando as chances de lucros (e também de prejuízos, então é preciso uma boa estratégia);
  •         possibilidade de trabalhar de casa como forma principal de atuação ou como renda extra;
  •         não há exposição aos riscos das notícias que acontecem fora do pregão;
  •         é possível misturar técnicas e estratégias de investimento (e manter parte do seu patrimônio investido no longo prazo).

Quem pode fazer day trade?

Em tese qualquer pessoa pode ser day trader – homens, mulheres e até crianças (existem alguns casos de adolescentes operando day trade). Porém, é fundamental que você tenha conhecimento suficiente do mercado e prática atuando na Bolsa de Valores – assim as chances de sucesso aumentam.

Então, se você ainda é iniciante no assunto, nossa recomendação é realizar um curso para formação de trade, ler bastante conteúdos voltados ao mercado e se informar sobre tudo relacionado a esse universo.

Outro ponto importante é que, para ser um day trade, você precisará de tempo. Tanto para atuar no pregão, como para fazer suas análises e montar suas estratégias. Por isso, se você não tem muita disciplina para trabalhar de casa ou não tem muito tempo livre na sua agenda, talvez seja melhor atuar como outro tipo de investidor.

Quais as principais estratégias do day trade?

Para conseguir lucrar no day trade, é fundamental desenvolver boas estratégias. Assim, o investidor deve conhecer, no mínimo, dois temas básicos, que são: a análise técnica e as técnicas de gerenciamento de risco.

Análise técnica

Usando a análise técnica, o investidor consegue avaliar os movimentos históricos das cotações e o volume de negociações dos ativos, buscando por padrões que permitam prever como será o comportamento desses ativos no futuro.

O método, que existe há mais de 3 séculos, se baseia no princípio de que os preços futuros são dependentes dos preços das negociações passadas. Então, analisar o que já aconteceu, usando gráficos, indica para o investidor como será o amanhã.

Por isso, nessa análise não são considerados fatores como participação no mercado, receita, endividamento ou lucro das empresas emissoras das ações – mas nada impede que você agregue esses pontos na hora de definir as ações mais promissoras.

Stop Loss

Essa é uma importante ferramenta de gerenciamento de riscos. O stop loss representa uma ordem de venda automática, programada pelo investidor para acontecer quando se atingir determinado valor. Ou seja, quando o ativo atinge o valor que o investidor programou, a ordem de venda é realizada.

Vamos supor que você tenha comprado uma ação por R$10, acreditando que o preço dela subiria durante o pregão. Mas, por alguma razão, ocorreu o contrário e o papel passou a cair. Sua tolerância de prejuízo na operação é de 10%, então, você poderia ter estabelecido um stop loss de R$9.

Dessa forma, quando a ação atingir o preço de R$9, ela será automaticamente vendida e você conseguirá controlar o seu prejuízo.

Com o stop loss, o investidor tem mais flexibilidade e segurança, ficando tranquilo caso precise se ausentar algumas horas do computador, porque suas perdas serão limitadas.

Stop Gain

Essa também é uma ordem automática que dispara uma venda quando a ação atinge o valor de ganho esperado pelo investidor. Com o stop gain, o investidor consegue assegurar que o lucro pretendido seja realizado, não dando margem para reviravoltas do mercado que podem estragar a sua estratégia e seus ganhos.

Custos

Além das estratégias, é muito importante ficar atento aos custos, pois você realizará várias ações de compra e venda durante o dia – e as taxas podem consumir boa parte do seu lucro.

Em relação ao Imposto de Renda, no day trade, o percentual cobrado é de 20% sobre os ganhos (um valor maior que os 15% sobre os ganhos cobrados nas operações comuns). Outro detalhe é que as operações de day trade não têm a isenção de Imposto de Renda que existe para vendas de até R$20 mil no mercado regular.

A taxa de corretagem, no entanto, costuma ser mais barata nas operações de day trade, beneficiando os investidores.

Horário de operação

As operações de day trade ocorrem durante o funcionamento do pregão, ou seja, com abertura às 10 horas e fechamento às 16h55 – nos últimos 5 minutos antes das 17 horas é realizado o call de fechamento.

Os principais mitos sobre day trade

Além de todos esses detalhes que explicamos, o day trade também é rodeado de mitos. Nós separamos alguns que você precisa conhecer.

Mito 1: day trade é uma forma de ganhar dinheiro fácil

Muitos ainda acreditam que day trade é uma forma de obter dinheiro fácil – e isso está totalmente desconexo com a realidade. A difusão do mito se deve principalmente graças ao crescimento desse mercado e a necessidade de muitos influenciadores de venderem suas estratégias.

Para conseguir operar e ganhar dinheiro, você terá que ter muito conhecimento, estratégia e análise consciente. O que significa: tempo dedicado ao estudo e as operações diárias.

Mito 2: é possível ficar milionário fazendo day trade

De acordo com uma pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas entre 2012 a 2018, 99,43% dos day traders desistiram de continuar operando com esta modalidade e apenas 0,08% obtiveram altos lucros.

Isso significa que, se você for disciplinado e tiver bastante conhecimento e um bom plano de ação, poderá ter ganhos recorrentes no day trade, mas não espere ficar milionário de um dia para o outro.

Mito 3: a Bolsa precisa estar em alta para lucrar

É muito comum ganhar no day trade quando a Bolsa está acelerando para cima. Mas também existe a possibilidade de emprestar para vender, ou seja, da venda a descoberto.

Assim, você pode “apostar” na queda da Bolsa e também lucrar. Mesmo porque o ganho do day trader está na diferença de preços, não nos valores absolutos.

Mito 4: preciso acompanhar o mercado o dia inteiro

Embora as operações ocorram durante o horário do pregão, você não precisa ficar o dia todo operando. É possível escolher um horário determinado para operar ou ainda usar estratégias automatizadas, que analisam e executam as ordens.

Depois de ler todas essas informações, você já sabe tudo sobre day trade? Se deseja começar a atuar nesse tipo de trade, leia o nosso conteúdo completo com 10 dicas imperdíveis para se tornar um day trader!