Gostou? Incentive o autor!

Onde investir 2020?

Prezado leitor,

Feliz ano novo!

Aqui é o Flávio Lemos, sócio da Trader Brasil Investimentos.

Estou de volta ao batente após umas merecidas férias.

Há um ano atrás, (veja aqui)  fizemos nossa previsão em 19 de janeiro que o índice bovespa em 12 meses estaria em 120.000 pontos. Bem já na primeira semana de janeiro atingimos 18.500 pontos nada mal não?

O ano começa promissor para Brasil, e os sinais de retomada são claros e consistentes, como tantas vezes temos conversado por aqui nestes últimos tempos. Agora, o caminho é longo e complexo.

Ao investirmos não há verdades definitivas e os processos tem uma dinâmica que não pode ser desprezada.

curso-trader-completo

Um olho no peixe e outro no gato.

Não que vamos mudar nossa posição a cada Manchete, eu sou um grande crítico das mudanças nas projeções do Focus a cada semana. Mas aí é que está a beleza da coisa, não é cobrindo os ouvidos que você vai impedir que as más notícias aconteçam, mas sim estando com os ouvidos atentos.

No atual cenário, a nossa visão é de que o Banco Central tem espaço para baixar a Selic até 4,25% a.a. em fevereiro, o que implica em um corte adicional de 0,25 pp, e permanecendo nesse patamar até o final de 2020.

Rentabilidade das classe de ativos em 2019, com a volatilidade no período do maior índice de Sharpe para o menor

Lembrando que Índice de Sharpe, criado por William Sharpe (Nobel de Economia em 1990), é um indicador que permite avaliar a relação entre o retorno e o risco de um investimento. Quanto maior o índice, melhor o fundo é gerido e adicionalmente se o índice for negativo, mostra que o gestor perdeu para a renda fixa.

Em 2019, Os FIIs, ações small caps e as NTN-Bs longas foram os melhores investimentos ajustados pelo risco, mas o mercado é dinâmico e isso pode mudar para este ano.

ATIVO EM 2019 Rentabilidade % Volatilidade % Indice de Sharpe
IFIX (FUNDOS IMOBILIÁRIOS): 36% 4%                           7,50
AÇÕES SmallCaps: 58% 16%                           3,25
Juro Real 30y: 64% 18%                           3,22
Pré 2y: 12% 2%                           3,00
5y: 22% 6%                           2,67
S&P 500: 28% 12%                           1,83
IHFA (Índice de Hedge Funds ANBIMA) 11% 3%                           1,67
Bitcoin: 145% 85%                           1,64
Ibovespa: 32% 18%                           1,44
Ouro: 28% 21%                           1,05
CDI: 6% 0%                               –
Dólar: 4% 11% –                      0,18
Poupança 3,96% 0%  –

Com a taxa de juros hoje em 4,5%, é hora de buscar novas formas de investir.

Se você investe na poupança, por exemplo, ou em um CDB de algum banco que pague 85% do CDI (taxa de juros), o seu dinheiro vai render 3,2% e 3,8% ao ano, respectivamente.

O desafio fica ainda maior considerando que a expectativa do mercado é de que a taxa de juros caia dos 4,5% atuais para 4,25% até o fim do primeiro trimestre de 2020, como falamos acima.

Assim, considerando esse ritmo, obter retornos reais vai ficar ainda mais difícil. Veja a diferença: aquela mesma poupança e aquele CDB de 85% do CDI vão render:

2020-01-06_11-11-54

E a Bolsa de valores em 2020?

Em um Brasil de juros baixos, ficar com dinheiro parado em renda fixa de baixo risco talvez seja uma atitude bem arriscada: seu capital vai render muito pouco e você vai deixar de investir em ativos de maior rentabilidade no longo prazo.

Gráfico múltiplo P/L forward: (P) É o preço da ação  hoje dividido pela expectativa de lucros (L) para os próximos 12 meses das ações que compõe o Ibovespa.

Imagem

O múltiplo P/L do Ibovespa atingiu 13,6x, chegando ao 2º desvio-padrão acima da média móvel de 2 anos, mas lembrando que agora a taxa de juros é bem mais baixa do que toda a curva.

Acreditamos que seja viabilizada a entrada de recursos da ordem de R$ 210 bilhões no mercado acionário brasileiro em 2020, incluindo alocação adicional de fundos de pensão em investimentos em ações e assumindo que os investidores estrangeiros absorverão aproximadamente um terço de todas as ofertas de ações no próximo ano.

Ou seja Acreditamos que o o preço das ações ainda não refletem a  perspectiva de aumento do PIB em 2020 com uma projeção de 20% acima dos preços atuais, com um IBOVESPA EM CERCA DE 140.000 PONTOS PARA 12 MESES.

***RECOMENDAÇÕES APENAS PARA MEUS CLIENTES****

LIVRO-ANALISE-TECNICA-3
Análise Técnica dos Mercados Financeiros

(1) Taxas de juros mais baixas por período mais longo: Positivo para ações com características de títulos de dívida, setores/ações que historicamente pagam altos dividendos e nomes relacionados ao mercado de capitais. – nomes que devem continuar se beneficiando de juros mais baixos por mais tempo;

(2) Crescimento do PIB: o crescimento do crédito será o principal fator. A alavancagem ainda é baixa no Brasil, esperamos que os bancos lancem novas linhas de crédito com boas garantias, e a recente retomada da criação formal de empregos impulsionará a demanda por crédito. Esperamos que setores mais dependentes de crescimento do crédito vs. lucro tenham maior destaque em 2020, como por exemplo, o setor de construção.

(3) Nomes de qualidade  – eles protegem a carteira no curto prazo, mas também se beneficiam da retomada econômica adiante;

(4) Cíclicos globais descontados – mas de forma seletiva, dadas as incertezas globais ainda elevadas.

(5) Privatizações, concessões e vendas de ativos: tema relevante para petróleo e gás, transporte e serviços públicos. A venda da cesta de ações pelo BNDESPar pode causar alguma pressão momentânea para algumas ações, mas o ingresso esperado de novos recursos em ações absorverá facilmente essas vendas, em nossa opinião.

A agenda de reformas avançará lentamente em 2020: O espaço para discussões e aprovações é estreito em 2020 devido às eleições municipais e considerando que as reformas em discussão são complexas. Três reformas parecem ser as principais prioridades em 2020: o marco regulatório de saneamento, medidas para lidar com o teto das despesas públicas e a reforma tributária.

Três riscos positivos e negativos para as ações brasileiras em 2020
Riscos negativos: Maior aversão ao risco no cenário global, mantendo prêmios de risco elevados para os ativos brasileiros; risco político no Brasil; possível proposta pelo governo de combinação de uma alíquota de imposto sobre dividendos de 20% e uma redução na alíquota de imposto de Renda de 5p.p.
Riscos positivos: maior apetite ao risco global do investidor nos países emergentes; Congresso aprovando reformas macro antes do esperado, por exemplo um imposto federal (IVA) e PEC de emergência; crescimento do PIB acima do esperado em 2020. Nesta hipótese, o Ibovespa poderia ter alta de quase 40% em dólares em 2020.

E a inflação?

Inflação é como febre. Não pode ser jamais ignorada, pois pode ser sinal de algo mais grave acontecendo na economia.

A inflação brasileira começa a dar sinais de reaparecer. O IGP-M que regula o reajuste dos aluguéis foi de 7,32% em 2019. O crescimento da inflação pode limitar novas quedas de juros, principalmente se o PIB crescer o que se espera em 2020 (cerca de 2,5%).

Imagem

E os Fundos Imobiliários?

O ano de 2019 foi emblemático para os Fundos Imobiliários no Brasil, marcado por sucessivos recordes e uma forte performance dos FIIs.

O forte desempenho dos FIIs nos últimos anos pode estar intimamente relacionado com a existência de uma correlação negativa com a taxa básica de juros (Selic). A queda da taxa de juros tem feito com que os investidores procurem alternativas mais rentáveis para seus investimentos. Uma das possibilidades tem sido os fundos de investimento imobiliário, produto que o investidor pode ter ganhos através da valorização de suas cotas e através do pagamento de dividendos isentos para pessoa física (normalmente, o pagamento é mensal). Assim sendo, o cenário atual de Selic tem favorecido o desempenho destes fundos.

Muitas pessoas físicas entraram na bolsa através destes fundos, como deu para perceber com o grande fluxo de dinheiro. Porém, em minha humilde opinião de engenheiro civil, muitos fundos imobiliários já ficaram caros, com alta relação entre valor de mercado / valor patrimonial  e com baixo Dividend Yield.

Veja o caso do KNRI11 que está com dividend yield de 4,11%( que dá 0,33% ao mês)  e valor de mercado de 132%  acima do valor patrimonial. Eu só acho que simplesmente o risco não vale o retorno entregue, mas voce que decide.Sempre.

Este mercado requer atenção especial visto que muitos fundos estão com valores irreais para a taxa de dividendos que pagam e já incorporando em alguns casos, aumento do valor dos imóveis, de aluguéis com diminuição da vacância.

Neste momento, acreditamos que o potencial de ganhos para as cotas está muito mais relacionado ao crescimento da economia real, portanto, sugerimos aos investidores que busquem Fundos de Investimento Imobiliário de ativos de alta qualidade, e aqueles mais dependentes da retomada do PIB, como, por exemplo, shoppings e galpões logísticos.

***RECOMENDAÇÕES APENAS PARA MEUS CLIENTES****

A nova era dos investimentos no Brasil já começou, mas o país ainda não se adaptou.

Está na hora de mudar e buscar carteiras mais otimizadas, pois o seu futuro depende disso.

Você quer minha ajuda para MONTAR UMA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS?

2020-01-06_11-56-55

Veja abaixo o Calendário de eventos & riscos de 2020 da Nomura.

Sempre bom lembrar do que temos no front.

Imagem

Você quer minha ajuda para escolher entre tantos fundos?

 

SIM, EU QUERO AJUDA PARA ESCOLHER OS FUNDOS

E para você que não tem tempo de acompanhar o mercado, temos a solução que você deseja: o Trade Push.

Trade Push é uma ferramenta que permite repassar recomendações da Equipe de Análise aos clientes que quiserem.

E o melhor é que os clientes podem aceitar, alterar ou cancelar  a ordem pelo XP Mobile, de maneira rápida e fácil, pelo próprio telefone ou tablet.

Quer receber as oportunidades no celular sem custo adicional?  

SIM, EU QUERO RECEBER SIM!

Feliz ano novo!

Cordial Abraço,

Flávio Lemos, CFP, ANCORD, PQO

 

Tendo alguma dúvida, é só me falar.

www.Investimentos.TraderBrasil.com

Telefone e whatsapp : (21) 2524 -7788|(11) 2386-4080