Gostou? Incentive o autor!

O que investir em maio de 2019?

Prezado leitor,

LIVRO-ANALISE-TECNICA-3
Análise Técnica dos Mercados Financeiros

Aqui é o Flávio Lemos, sócio da Trader Brasil Investimentos,  escritório de agentes autônomos de investimentos da XP Corretora de Valores.

Tudo indica que maio ser o mês das noivas, seja por causa de uma tradição importada dos países do hemisfério norte:  a chegada de maio é celebrada com muitas flores, em homenagem à natureza que refloresce e à primavera que por lá atinge a plenitude.

Ao longo dos séculos, esses elementos foram sendo associados à celebração do amor no casamento. Essa mesma ligação com as flores e a feminilidade fez com que maio, além de mês das noivas, também fosse considerado o mês das mães e de Maria.

E o mercado financeiro com isso?

Se eu for resumir abril de 2019 em duas palavras, diria que foi um mês “que choveu no molhado” para o mercado de investimentos. Em tese não rolou um amor arrebatador nem desilusão.

Um cai e sobe, sobe e cai, sem fim, com várias quedas e altas que acabaram levando o principal índice da B3, o Ibovespa, a fechar abril em alta de apenas +0,98%. Com uma valorização de menos de 1%, é como se o mês não tivesse existido pra bolsa. O dólar comercial também subiu pouco, só +0,16%, e o euro comercial, +0,14%.

Com a taxa de juros da economia, a Selic, em 6,5%, as aplicações de renda fixa também não tiveram grandes resultados.

Na nossa visão, o Ibovespa deve ficar próximo aos níveis atuais enquanto a reforma não avançar.

Entretanto, mesmo incorporando atividade mais fraca em 2019, ainda vemos a bolsa negociando a patamares atrativos em termos de Preço/Lucro = 11,5x comparado à média histórica de 12,3x, o que dá um certo conforto.

Lembrem se que o investidor quer o retorno em menos tempo possível, logo quer comprar o menor P/L possível!

PL

Quem não sabe brincar não desce para o playground

Ainda vemos 130.000 pontos como possível para o fim de 2019, mas a probabilidade tem diminuído, e atrasos adicionais na agenda da previdência poderiam trazer risco adicional. Em suma, continuamos construtivos e vemos o nível atual do Ibovespa como atrativo, mas vemos poucos fatores que possam levar a uma alta expressiva no curto prazo.

Na medida do possível é melhor até carregar pouco risco e acompanhar de perto os movimentos. Eu não faria todo o investimento agora, colocaria ao longo do tempo e reservaria mais caixa para esperar um momento melhor.

Portanto existe potencial de valorização em relação ao nível atual de 96.000 pontos, mas para quem não tem tempo de analisar e não recebe nossos Trade Pushes, talvez seja preferível delegar a parcela alocada em renda variável para gestores de fundos de ações pois eles têm a capacidade de avaliar o melhor momento de comprar e vender papéis e também operam o índice.

Mas o investidor tem que ter consciência de que tem risco, oscila, é um negócio para o longo prazo, não dá para ficar desesperado e nem achar que vai ficar rico de uma hora para outra.

A política na economia, sempre ela…

A euforia observada no começo do ano deu lugar a um certo choque de realidade e a partir de agora os ativos vão depender de coisas mais concretas para avançar.

O foco em maio deve ser em torno do debate da reforma da previdência e a sua diluição – o processo, mesmo que esperado, pode continuar trazendo volatilidade ao mercado.

Enquanto a reforma não avançar, não vemos grandes mudanças no quadro de atividade econômica. Tal cenário, em conjunto com uma queda na popularidade do presidente, pode aumentar a percepção de risco em relação ao avanço e profundidade da reforma.

Os estrategistas de investimentos ainda acreditam que quem partir para a diversificação com uma parcela da carteira em ações será premiado, mas advertem que não é hora de colocar todas as fichas nesse tipo de risco porque até a reforma da Previdência ser aprovada é de se esperar muito vaivém de preços.

A recomendação é tomar o mesmo passo dos gestores profissionais e deixar um pouco mais dinheiro em caixa, ou seja, em aplicações atreladas ao CDI ou à Selic, para aproveitar eventuais oportunidades.

Então, ninguém se saiu bem no mês passado?

Abril não foi, exatamente, o melhor mês do ano (este título ainda está com janeiro). Mas o destaque em rentabilidade foi para …. o IDIV. Em abril, ele subiu +3,09% e no acumulado do ano, ganha de todo mundo, inclusive do Ibovespa, com rentabilidade de +11,58% (veja a tabela completa ali embaixo). Nunca ouviu falar desse tal de IDIV? Vou te contar:

IDIV é o Índice de Dividendos da B3. Como o Ibovespa, ele é uma carteira teórica com 32 ações de empresas consideradas boas pagadoras de dividendos e de juros sobre capital próprio, ou seja, companhias que estão dando lucro e compartilham parte deste rendimento com os acionistas. Grande parte do IDIV é formada por ações de empresas de energia elétrica, como Cemig, Copel, ISA Cteep e CPFL, de saneamento, a exemplo da Sanepar e Copasa, e bancárias, cujos representantes são Itaú, Banrisul e ABC Brasil.

O CDI rendeu +0,52% no mês, acumulando ganho de 6,34% em 12 meses. O único índice de renda fixa que tem se descolado um pouco é o IMA-B,que rendeu +1,51% em abril e 7,13% no ano – disparado o maior desempenho de renda fixa em 2019.Já a poupança nova entre 1º de abril de 2019 e 1º de maio de 2019 rendeu 0,37%. Em 12 meses, o ganho é de 4,55%
Em abril, o dólar chegou a romper os R$ 4, mas fechou em R$ 3,92. A moeda americana se valorizou em relação a praticamente todas as moedas do mundo, incluindo o euro.

Evolução das aplicações financeiras

aplicaçoes em abril-19
Fontes: Anbima, Banco Central, B3, FGV, Focus, IBGE e Valor PRO.

Recomendações para maio

**Alocação atual somente para meus clientes**

Você já montou sua carteira de investimentos da melhor forma possível?

Se você me pedir, podemos simular várias carteiras com os fundos de investimentos e ou de previdência oferecidos pela XP e comparamos com os fundos do seu banco e poupança, visualmente para você ver quanto deixou de ganhar e o risco corrido em 1, 2 ou mais anos.

Basta me informar valor, seus fundos atuais, suas necessidades, objetivos e restrições.

Caso não tenha feito, por que não conversa comigo ou nossos especialistas para que possamos lhe ajudar a escolher as melhores opções de investimento para o seu perfil?

Tenha certeza que a equipe da Trader Brasil Investimentos está preparada para auxiliá-lo a conquistar seus sonhos e proteger o futuro de sua família.

Você quer minha ajuda para escolher entre tantos investimentos?

SIM, FLÁVIO GOSTARIA DE SUA AJUDA COM MEUS INVESTIMENTOS.

Mas se você não tem tempo de acompanhar o mercado, temos a solução que você deseja: o Trade Push, uma ferramenta que permite repassar recomendações da Equipe de Análise aos clientes que quiserem.

Veja este vídeo explicando o TradePush: https://www.youtube.com/watch?v=4cK235fxX-U

Quer receber as oportunidades no celular sem custo adicional?

SIM, EU QUERO RECEBER SIM!

Caso haja alguma coisa que podemos fazer, é só responder a esse e-mail dizendo como podemos ajudá-lo hoje.

Cordial Abraço,

Flávio Lemos, CFP, ANCORD, PQO

amazon.com/author/flaviolemos

hqdefault

Tendo alguma dúvida, é só me falar.

www.Investimentos.TraderBrasil.com

Telefone: (21) 25247788 |(11) 2386-4080