Ação da PDG sobe 11,35% e lidera ganhos do Ibovespa na semana


Ação da PDG sobe 11,35% e lidera ganhos do Ibovespa na semana

04 de maio de 2012 • 18h30Por: Nara Faria

SÃO PAULO – As ações da PDG (PDGR3) despontaram como a maior alta no Ibovespa na semana entre os dias 30 de abril e 4 de maio, em um período movimentado para os ativos ligados ao setor imobiliário, que reagiram positivamente às mudanças nas regras na caderneta de poupança, anunciadas na última quinta-feira (3).

No período, as ações da companhia acumularam ganhos de 11,35%, sendo negociadas a R$ 5,10. Outras ações do setor acompanharam o cenário positivo e deram sequência as ganhos semanais, com a MRV (MRVE3,+8,18%, R$ 12,30) ocupando a segunda colocação no ranking de ganhos do índice, seguida pela Gafisa (GFSA3,+6,98%, R$ 3,83).

No mesmo sentido, Rossi (RSID3, R$ 8,27, +4,72%), Brookfield (BISA3, R$ 5,18, +2,57%) e Cyrela (CYRE3, R$ 15,78, +2,06%), também encerraram no campo positivo. Diante disso, o IMOB (Índice Imobiliário) encerrou o período com alta de 3,85%. O desempenho do setor foi oposto ao do principal benchmark brasileiro, que encerrou a semana em queda de 1,41%, aos 60.820 pontos.

Na opinião do analista da Trader Brasil Escola de Investidores, Alexandre Caldas Junior, a expectativa de queda para até 8% na taxa Selic no final do ano favorece o setor de construção civil. “A possibilidade de redução no juro tende a aumentar o número de financiamentos, contribuindo para a expansão de vendas dos projetos da construção civil”, afirma. 

Corrigindo as perdas
Vale mencionar ainda que a alta das ações da PDG sucede a forte queda registrada no mês de abril, quando os ativos PDGR3 lideram as perdas pelo principal benchmark brasileiro. As ações da companhia acumularam no último mês desvalorização de 28,68%, enquanto o Ibovespa fechou o período com queda de 4,17%, aos 61.820 pontos.

Diante disso, as ações da companhia ainda acumulam perdas de 13,56% no ano, o que contribui para o movimento de correção dos papéis.

“A companhia apresentou resultados bastante negativos nos semestre anteriores, o que provocou essas fortes quedas. Mas com esse anúncio de mudança na caderneta de poupança, as perspectivas tornam-se positivas tanto para a PDG, como para as demais companhias do setor imobiliário”, destaca o analista. 

No dia 4 de abril, a incorporadora revelou os resultados não auditados para o quarto trimestre de 2011, reportando um prejuízo de R$ 20,37 milhões e revertendo lucro de R$ 202,8 milhões reportado um ano antes. Na mesma data, a companhia reduziu o guidance de vendas, que indica projeção de lucros futuros ou de lançamentos de novos empreendimentos, para 2012.

Outros destaques de alta
Na sequência dos ganhos registrados pela PDG, MRV e Gafisa, apareceram entre os maiores ganhos no Ibovespa no período as ações da CCR (CCRO3, R$ 15,90, +6,43%) e Transmissão Paulista (TRPL4, R$ 65,10, R$ +5,20%).

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s