Gostou? Incentive o autor!

Não há um levantamento preciso sobre os números que envolvem os family offices no Brasil. Mas as estimativas dos participantes desses escritórios que administram o patrimônio de famílias ricas é de que 8% da poupança brasileira esteja sob os cuidados dessas firmas independentes dos grandes bancos.

De acordo com Flavio Lemos, planejador financeiro e um dos sócios da Trader Brasil, “há famílias milionárias que criaram suas family offices para melhor gerir os recursos da família ou mesmo os individuais” Veja Mais