O Standard & Poor’s Financial Services elevou a nota de risco soberano do Brasil em moeda estrangeira, de “BBB-” para “BBB”, com medidas do governo que aumentaram a abrangência da política monetária para influenciar a economia.

A S&P também aumentou a nota da dívida em moeda local, de “BBB+” para “A-”, com perspectiva estável, disse a agência de risco.

 

Fonte: Bloomberg

Anúncios