Especialistas apontam as profissões mais promissoras do futuro


Especialistas apontam as profissões mais promissoras do futuro

Para especialistas, algumas áreas serão mais bem pagas, mas não se pode definir a carreira com base nisso

Patrícia Lucena, iG São Paulo | 25/03/2011 05:57

Escolher uma profissão que traga satisfação e retorno financeiro é algo difícil e causa muitas dúvidas. Na hora da decisão, muitos optam por carreiras nas quais imaginam que conseguirão um bom salário, mas acabam insatisfeitos por não gostar do que fazem. Segundo Alan Soares, coach da escola de investidores Trader Brasil, o profissional deve, primeiramente, pensar quais os seus interesses e onde quer trabalhar. “Depois disso, a pessoa irá olhar para o mercado e ver quais opções se encaixam no seu perfil.”

Segundo especialistas, uma das profissões promissoras do futuro é engenharia de petróleo e gás

Nelson Fender, professor de Planejamento de Carreira da Veris Faculdades, destaca que o profissional deve analisar três pilares básicos na hora da decisão: autoconhecimento, quais os interesses e o que pode fazer. “Primeiramente, é preciso se conhecer e ver quais seus interesses. Não adianta escolher uma carreira que esteja entre as que serão mais bem pagas se você não tem aptidão para ela”, analisa Fender. “A última etapa é olhar para o mercado.”

Entre as profissões vistas como promissoras para o futuro estão engenharia de petróleo e gás, construção civil, tecnologia da informação, área financeira, medicina com foco em cuidados para idosos, entretenimento e biotecnologia. “Por ter uma demanda alta e poucos profissionais, os salários dessas áreas serão muito competitivos”, destaca Fender.

Soares afirma que, nos próximos anos, posições de níveis técnicos estarão em alta. “O mercado está com carência desse tipo de profissional. Com o desenvolvimento de tecnologias, a necessidade dessas habilidades, principalmente na área de petróleo e gás, está aumentando.”

Segundo Robson Fonseca Barbosa, gerente de projetos e desenvolvimento do Grupo Selpe de Recursos Humanos, quem tiver uma formação técnica no futuro poderá ganhar muito bem. “O número de profissionais técnicos está diminuindo e a oferta por essas pessoas está aumentando.”

Cuidados para idosos

Com a expectativa de vida aumentando, há uma necessidade maior na área de cuidados para idosos. A esperança de vida ao nascer no Brasil cresceu três anos no período entre 1999 e 2009, segundo aponta a Síntese de Indicadores Sociais, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o estudo, em 1999, a esperança de vida do brasileiro era de 70 anos e, em 2009, de 73,1 anos.

Soares acredita que técnicos para cuidar dos idosos e médicos voltados para essa área terão muitas oportunidades. “A tendência é que o retorno financeiro desse setor seja cada vez maior, pela falta de profissionais.”

Para Nelson Fender, na hora de escolher a profissão deve se fazer um autoconhecimento

Segundo Fender, as famílias não conseguem dar conta dos idosos em casa. Por isso, vão começar a contratar profissionais desse ramo. “Há muita demanda e pouca oferta. Quem se profissionalizar como técnico, ou até médico com especialização na terceira idade, terá muito campo.”

Rita de Cássia Tapié, professora no curso de enfermagem da Universidade Anhembi Morumbi, explica que não há formação para cuidados para idosos. “Os profissionais são da área da saúde e acabam se especializando em home care, porque na graduação não há esse enfoque.”

Petróleo e gás

Com o crescimento do setor e a descoberta do pré-sal, novas tecnologias estão sendo desenvolvidas para extração do petróleo em alto mar. Um levantamento da Prefeitura do Rio estima que, até 2016, o setor de petróleo deve gerar 75 mil novos empregos na cidade.

Com isso, essa é uma área que está em constante crescimento e deve oferecer os maiores salários. “Será preciso um grande número de profissionais para alimentar essa nova demanda no mercado”, afirma Soares.

Construção civil

O mercado de imóveis vem aumentando anualmente. Com base em uma projeção da construtora São José, o mercado imobiliário deve crescer 25% ao ano nos próximos cinco a 10 anos. “A classe média cresceu e, com isso, a sociedade tem um maior poder de compra. Por isso, os imóveis estão se valorizando e o mercado precisa de mais técnicos para construção civil.”, ressalta Soares.

Além disso, com o crescimento do setor petrolífero, técnicos que construam matrizes para perfurar o solo serão cada vez mais demandados. “Também haverá demanda no setor de infraestrutura, devido à Copa do Mundo e às Olimpíadas. Por ter pouca oferta, os técnicos devem ser mais valorizados e ganhar altos salários”, afirma.

Tecnologia da informação

A tecnologia da informação está ganhando espaço no mercado de trabalho e irá permear todas as profissões. “Tudo terá tecnologia. O desenvolvimento de sistemas aumentará e, com isso, a demanda por profissionais dessa área”, afirma Fender.

Por haver muita carência de mão de obra, este é um bom setor para as pessoas investirem. Soares acrescenta que a maioria das empresas continua a investir bastante em automação de processos. “Se você se torna um profissional nisso, terá grande demanda. Ele profissional faz toda a parte de gestão de processos, geração de códigos e desenvolvimento de tecnologias para alimentar o sistema. É preciso mão de obra qualificada para isso, tanto para construir como para fazer a manutenção.”

“Esse setor ainda tem pouca oferta. Por isso, quem investir em informática, principalmente tecnologia da informação, terá um bom espaço no mercado”, complementa Barbosa.

Área financeira

Com o aumento do poder aquisitivo pela classe média, que agora representa 53% da população brasileira, a necessidade de profissionais no setor financeiro está cada vez maior. Segundo Soares, os bancos terão uma maior demanda, assim como as corretoras de investimentos.

“Pessoas que fizeram cursos em economia ou finanças ganharam espaço no mercado financeiro. É uma área que oferecerá bons salários e, por enquanto, há poucos profissionais.”

Entretenimento

Com o avanço das tecnologias e o desenvolvimento do País, as pessoas devem ter mais tempo e mais dinheiro para gastar com entretenimento. Fender acredita que atividades relacionadas a turismo, lazer, cultura, cinema e teatro terão crescimento expressivo.

Segundo Robson, com o crescimento econômico e o aumento do poder de compra, as pessoas passaram a ter mais acesso ao consumo. Isso fará com que as oportunidades nessa área aumentem. “Ainda há pouca oferta de mão de obra e o setor está crescendo.”

Área Geral Área específica Cargo Média salarial Brasil

Extração de Petróleo, Óleo e Gás Engenharia Engenheiro de petróleo e gás pleno R$ 7.114

Extração de Petróleo, Óleo e Gás Produção Técnico de petróleo R$ 3.251

Saúde Enfermagem Técnico de enfermagem R$ 1.340

Engenharia Engenharia Civil Engenheiro pleno R$ 5.866

Engenharia Engenharia Civil Mestre de obras R$ 2.683

Sistemas / Informática / Internet Tecnologia da informação Analista pleno R$ 3.070

Sistemas / Informática / Internet Tecnologia da informação Assistente R$ 1.300

Financeiro / Contábil Financeiro Analista pleno R$ 2.680

Financeiro / Contábil Financeiro Assistente R$ 1.351

Instituições Financeiras Investimentos Economista R$ 3.768

Hotelaria / Turismo Eventos / Entretenimento Coordenador de eventos R$ 3.410

Hotelaria / Turismo Turismo Guia de turismo R$ 1.534

Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho Online

Leia mais sobre:

profissões •

carreiras •

crescimento econômico •

Compartilhar

Imprimir

Corrigir

Enviar por e-mail

Notícias SMS

Fale conosco

Compartilhar no MySpace

Compartilhar no Twitter

Compartilhar no Linkk

Compartilhar no del.icio.us

Compartilhar no Digg

Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Google Buz

Compartilhar no Technorati

Compartilhar no Yahoo!

Últimas notícias do Economia

Programa San Tiago Dantas prorroga inscrições para pós-graduação

Rede de fast-food abre 70 vagas em Curitiba

SABB Coca-Cola busca 75 profissionais no Espírito Santo

Anhembi Morumbi lança dois novos cursos a distância

Especialistas apontam as profissões mais promissoras do futuro

Multimídia

play

Vídeo

Grandes investimentos

Conheça as obras que estão mudando a cara do Brasil

play

Vídeo

O que muda no IR em 2011

Começa em 1º de março o prazo para a entrega da declaração

CONVERSOR DE MOEDAS

de valor

para

Fonte: Thomson Reuters

Economia de A-Z

Conheça os termos mais usados na economia:

A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Digite o termo que deseja encontrar

cialistas, algumas áreas serão mais bem pagas, mas não se pode definir a carreira com base nisso

Patrícia Lucena, iG São Paulo | 25/03/2011 05:57

A+

A-

Compartilhar:

Escolher uma profissão que traga satisfação e retorno financeiro é algo difícil e causa muitas dúvidas. Na hora da decisão, muitos optam por carreiras nas quais imaginam que conseguirão um bom salário, mas acabam insatisfeitos por não gostar do que fazem. Segundo Alan Soares, coach da escola de investidores Trader Brasil, o profissional deve, primeiramente, pensar quais os seus interesses e onde quer trabalhar. “Depois disso, a pessoa irá olhar para o mercado e ver quais opções se encaixam no seu perfil.”

Foto: Agência Brasil Ampliar

Segundo especialistas, uma das profissões promissoras do futuro é engenharia de petróleo e gás

Leia também:

Veja as profissões de destaque para esta década

Emprego do futuro está em meio ambiente e internet

Você está na profissão certa?

Siga o iG Carreiras no Twitter

Nelson Fender, professor de Planejamento de Carreira da Veris Faculdades, destaca que o profissional deve analisar três pilares básicos na hora da decisão: autoconhecimento, quais os interesses e o que pode fazer. “Primeiramente, é preciso se conhecer e ver quais seus interesses. Não adianta escolher uma carreira que esteja entre as que serão mais bem pagas se você não tem aptidão para ela”, analisa Fender. “A última etapa é olhar para o mercado.”

Entre as profissões vistas como promissoras para o futuro estão engenharia de petróleo e gás, construção civil, tecnologia da informação, área financeira, medicina com foco em cuidados para idosos, entretenimento e biotecnologia. “Por ter uma demanda alta e poucos profissionais, os salários dessas áreas serão muito competitivos”, destaca Fender.

Soares afirma que, nos próximos anos, posições de níveis técnicos estarão em alta. “O mercado está com carência desse tipo de profissional. Com o desenvolvimento de tecnologias, a necessidade dessas habilidades, principalmente na área de petróleo e gás, está aumentando.”

Segundo Robson Fonseca Barbosa, gerente de projetos e desenvolvimento do Grupo Selpe de Recursos Humanos, quem tiver uma formação técnica no futuro poderá ganhar muito bem. “O número de profissionais técnicos está diminuindo e a oferta por essas pessoas está aumentando.”

Cuidados para idosos

Com a expectativa de vida aumentando, há uma necessidade maior na área de cuidados para idosos. A esperança de vida ao nascer no Brasil cresceu três anos no período entre 1999 e 2009, segundo aponta a Síntese de Indicadores Sociais, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o estudo, em 1999, a esperança de vida do brasileiro era de 70 anos e, em 2009, de 73,1 anos.

Soares acredita que técnicos para cuidar dos idosos e médicos voltados para essa área terão muitas oportunidades. “A tendência é que o retorno financeiro desse setor seja cada vez maior, pela falta de profissionais.”

Foto: Divulgação Ampliar

Para Nelson Fender, na hora de escolher a profissão deve se fazer um autoconhecimento

Segundo Fender, as famílias não conseguem dar conta dos idosos em casa. Por isso, vão começar a contratar profissionais desse ramo. “Há muita demanda e pouca oferta. Quem se profissionalizar como técnico, ou até médico com especialização na terceira idade, terá muito campo.”

Rita de Cássia Tapié, professora no curso de enfermagem da Universidade Anhembi Morumbi, explica que não há formação para cuidados para idosos. “Os profissionais são da área da saúde e acabam se especializando em home care, porque na graduação não há esse enfoque.”

Petróleo e gás

Com o crescimento do setor e a descoberta do pré-sal, novas tecnologias estão sendo desenvolvidas para extração do petróleo em alto mar. Um levantamento da Prefeitura do Rio estima que, até 2016, o setor de petróleo deve gerar 75 mil novos empregos na cidade.

Com isso, essa é uma área que está em constante crescimento e deve oferecer os maiores salários. “Será preciso um grande número de profissionais para alimentar essa nova demanda no mercado”, afirma Soares.

Construção civil

O mercado de imóveis vem aumentando anualmente. Com base em uma projeção da construtora São José, o mercado imobiliário deve crescer 25% ao ano nos próximos cinco a 10 anos. “A classe média cresceu e, com isso, a sociedade tem um maior poder de compra. Por isso, os imóveis estão se valorizando e o mercado precisa de mais técnicos para construção civil.”, ressalta Soares.

Além disso, com o crescimento do setor petrolífero, técnicos que construam matrizes para perfurar o solo serão cada vez mais demandados. “Também haverá demanda no setor de infraestrutura, devido à Copa do Mundo e às Olimpíadas. Por ter pouca oferta, os técnicos devem ser mais valorizados e ganhar altos salários”, afirma.

Tecnologia da informação

A tecnologia da informação está ganhando espaço no mercado de trabalho e irá permear todas as profissões. “Tudo terá tecnologia. O desenvolvimento de sistemas aumentará e, com isso, a demanda por profissionais dessa área”, afirma Fender.

Por haver muita carência de mão de obra, este é um bom setor para as pessoas investirem. Soares acrescenta que a maioria das empresas continua a investir bastante em automação de processos. “Se você se torna um profissional nisso, terá grande demanda. Ele profissional faz toda a parte de gestão de processos, geração de códigos e desenvolvimento de tecnologias para alimentar o sistema. É preciso mão de obra qualificada para isso, tanto para construir como para fazer a manutenção.”

“Esse setor ainda tem pouca oferta. Por isso, quem investir em informática, principalmente tecnologia da informação, terá um bom espaço no mercado”, complementa Barbosa.

Área financeira

Com o aumento do poder aquisitivo pela classe média, que agora representa 53% da população brasileira, a necessidade de profissionais no setor financeiro está cada vez maior. Segundo Soares, os bancos terão uma maior demanda, assim como as corretoras de investimentos.

“Pessoas que fizeram cursos em economia ou finanças ganharam espaço no mercado financeiro. É uma área que oferecerá bons salários e, por enquanto, há poucos profissionais.”

Entretenimento

Com o avanço das tecnologias e o desenvolvimento do País, as pessoas devem ter mais tempo e mais dinheiro para gastar com entretenimento. Fender acredita que atividades relacionadas a turismo, lazer, cultura, cinema e teatro terão crescimento expressivo.

Segundo Robson, com o crescimento econômico e o aumento do poder de compra, as pessoas passaram a ter mais acesso ao consumo. Isso fará com que as oportunidades nessa área aumentem. “Ainda há pouca oferta de mão de obra e o setor está crescendo.”

Área Geral Área específica Cargo Média salarial Brasil

Extração de Petróleo, Óleo e Gás Engenharia Engenheiro de petróleo e gás pleno R$ 7.114

Extração de Petróleo, Óleo e Gás Produção Técnico de petróleo R$ 3.251

Saúde Enfermagem Técnico de enfermagem R$ 1.340

Engenharia Engenharia Civil Engenheiro pleno R$ 5.866

Engenharia Engenharia Civil Mestre de obras R$ 2.683

Sistemas / Informática / Internet Tecnologia da informação Analista pleno R$ 3.070

Sistemas / Informática / Internet Tecnologia da informação Assistente R$ 1.300

Financeiro / Contábil Financeiro Analista pleno R$ 2.680

Financeiro / Contábil Financeiro Assistente R$ 1.351

Instituições Financeiras Investimentos Economista R$ 3.768

Hotelaria / Turismo Eventos / Entretenimento Coordenador de eventos R$ 3.410

Hotelaria / Turismo Turismo Guia de turismo R$ 1.534

Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho Online

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s