Gostou? Incentive o autor!

Após um dia de forte alta, mercado doméstico aguardando os indicadores a serem divulgados em Wall Street. Fica a expectativa para a reação dos investidores com a definição do preço do barril do petróleo da cessão onerosa. A manutenção da taxa Selic em 10,75% não trouxe surpresas ao mercado.

        Petrobras – A Petrobras informou ontem (01), após o fechamento dos mercados, que o comitê de acionistas minoritários da empresa aprovou os termos do contrato de cessão onerosa, inclusive quanto ao preço médio ponderado do barril de óleo equivalente. O valor da cessão onerosa para a capitalização da Petrobras será de US$ 42,533 bilhões, o equivalente em reais a R$ 74,807 bilhões. A cessão é equivalente a 5 bilhões de barris de petróleo, que serão retirados de seis campos. O valor médio do barril de petróleo de todos esses campos será de US$ 8,51 para o barril de óleo equivalente, que inclui o gás. A empresa informou que em breve divulgará o laudo emitido pela certificadora DeGolyer and MacNaughton assim como os principais aspectos dos termos e condições do contrato de cessão onerosa, uma vez que este seja assinado. De acordo com a empresa, para o pagamento do valor inicial do contrato de cessão onerosa a Petrobras pretende utilizar os recursos obtidos na venda de ações ordinárias e preferenciais de sua emissão no contexto da pretendida oferta global, incluindo as Letras Financeiras do Tesouro – LFTs que a União utilizar para integralizar sua participação. A Petrobras espera entregar essas LFTs à União Federal imediatamente após o encerramento da oferta global.