Gostou? Incentive o autor!

Bolsa de Valores em queda – modo de usar

O Coronavírus enfim foi classificado como pandemia e aciona terceiro Circuit Breaker de MARÇO DE 2020.

Mas como essas ondas de vendas começaram? 

Quais são as estratégias para usar neste mercado de queda?

O que são cisnes negros?

Uso de stops resolve?

Por que os traders quebram usando alavancagem neste cenário com volatilidade?

Quando você começou a operar, o que ouvia constantemente?

6 Maneiras de Quebrar na bolsa de valores

Repare no timing das vendas no Brasil 2019-2020:

Fase 1: Crédito High Grade. Debêntures e títulos privados caíram. Durou de Setembro a Dezembro de 2019.

Fase 2: Fundos Imobiliários (FII). Começou em janeiro 2020 e ainda vemos resquícios até hoje.

Fase 3: Bolsa/Ações. Início em fevereiro 2020

Fase indefinida: Dólar. Processo longo e estrutural de alta, que já dura alguns anos.

Todas essas classes são importantes e essenciais nos portfólios de investimentos, mas a diversificação e seleção de gestores nunca foi tão importante.

No Brasil, ainda precisamos amadurecer o mercado e os investidores em relação às oportunidades e riscos inerentes ao mercado. A educação financeira é parte relevante deste processo.

HISTÓRICO DOs CIRCUIT BREAKERS NA BOVESPA

O circuit breaker é um mecanismo de segurança utilizado para interromper todas as operações da B3 – Bolsa de Valores do Brasil. Ele já foi acionado 16 vezes desde 1997.

CIRCUIT

Corona Vírus Pandemia II – 12/3/2020  -15,65%

Bom lembrar também as quedas Máximas –MAxDrawdown– do Ibovespa.

  1. 1998:-61%
  2. 2008:-60%
  3. 2001:-44%
  4. 1997:-43%
  5. 2002:-42%
  6. 2020:-38%* até 12/3
  7. 2011:-32%
  8. 1999:-31%
  9. 2000:-30%
  10. 2013:-29%
  11. 2004:-28%
  12. 2015:-26%
  13. 2014:-24%

E as avaliações da Bolsa Brasileira? Valuation chega em um nível baixíssimo historicamente de P/L de 8,7 anos.

3 desvio padrões abaixo da média de 11,5 .

P/L Bovespa Histórico Forward

P/L Histórico Forward Bovespa

O que achamos: Se pegar uma faca caindo no chão, pode acabar ficando sem os dedos.

Precisa fazer alguma figura gráfica de reversão primeiro.

Este não é o momento de frases motivadoras ou da afirmação de que no final tudo fica bem. A hora é de encarar os fatos e compreender de verdade, aquilo que cada um tem condição de suportar. Condições Econômica, financeira e psicológica.

No tempo, preços convergem para a direção dos lucros. Grande parte do considerado “valor justo” está concentrado nos fluxos de caixa futuros mais distantes, mas o que tem sido provado de maneira inequívoca é que o caminho é formado pelas expectativas ao alcance dos olhos.

Se Volatilidade é Vida, Alavancagem é a morte.

Alavancagem financeira é um recurso que impulsiona a rentabilidade e o risco de um investimento. Ou seja, é o aumento das possibilidades sem acrescentar nada ao custo inicial do investimento. Assim, alavancagem é a mesma coisa que pegar dinheiro emprestado para investir.

Operar em cima da margem de garantia, sem precisar de todo o capital, te oferece a possibilidade de aumentar em dezenas de vezes o potencial do ganho. O grande problema é que isso também vale para as perdas. A alavancagem é, portanto, uma faca de dois gumes.

Alavancagem sem bom senso e moderação: a corda pra se enforcar

Em finanças, alavancagem é um termo genérico que designa qualquer técnica utilizada para multiplicar a rentabilidade através de endividamento.

LIVRO-ANALISE-TECNICA-3

Repare que com cerca de R$80 depositados na conta como margem de garantia, as corretoras brasileiras deixam o cliente se posicionar para day trade em 1 contrato de mini índice Bovespa com valor nocional de R$21.000 (Ibov 105.000 pontos x R$ 0,20 x 1 contrato).  Mais de 200 vezes de alavancagem.

Se você não sabe usar alavancagem, não use e não se arrisque, pois a diferença entre remédio e veneno é somente a dosagem.

Se alguém opera com posições maiores que seu patrimônio significa que, em caso de uma perda, ela poderá perder mais do que investiu?  
Certíssimo. A alavancagem utilizada de modo errado pode te tirar definitivamente do mercado, pois as perdas financeiras chegam a ser monstruosas e causam um abalo psicológico quase que irrecuperável.

O grande problema é que, normalmente, podemos lidar melhor com os riscos conhecidos do que com os desconhecidos.

Eventos desconhecidos ou imprevisíveis : os chamados cisnes negros. São esses que nos matam na maior parte das vezes, pois estamos despreparados para lidar com eles.

what-is-a-black-swan-event

Joesley Day, Primárias da Argentina, Aviões batendo no World Trade Center, Briga OPEP-Rússia, Corona vírus Pandemia são alguns destes tipos de cisnes negros, expressão utilizada para se referir a eventos totalmente imprevisíveis, mas que possuem alto impacto no universo das finanças.

Temos agora um fator que não existia antigamente : as redes sociais e o mundo digital espalhando panico sobre o impacto do virus na economia mundial on line.

Vejamos o seguinte ciclo 

  1. Numa galáxia não muito distante, o mercado sobe todos os dias. Você assiste aos milhares de videos gratuitos na internet falando sobre ganhar dinheiro na bolsa fazendo day trade.
  2. A alavancagem começa a dar retornos altíssimos para investidores. Essa possibilidade de ganhos astronômicos faz com que mais pessoas sigam por esse caminho.
  3. O mercado inteiro acredita que esse ritmo de otimismo durará para sempre. Investidores alavancados tem convicção de que seus retornos serão maiores que os custos das operações.
  4. Até que vem um fato novo, um vírus, uma quebradeira de bancos, um calote de dívida,  um ataque terrorista. O mercado fica nervoso, a mídia bate sem dar trégua, redes sociais espalham pânico com fake news e notícias ruins em cima de notícia ruim. E você não consegue nem desligar ou dormir.
  5. Todos ficam desesperados querendo se livrar da dor que era carregar aqueles ativos que só caiam e, alavancado, voce perdia mais e mais a cada minuto.
  6. Para piorar, a bolsa e ou sua corretora aumentam as margens de garantia e aí, sem saída voce tem que zerar ou  é zerado pelo risco da corretora levando uma multa.

Para lidar com esses riscos, um  trader deve ter um colchão de capital suficiente, mas normalmente eles usam todo o capital próprio disponível deles e também a alavancagem máxima na sua corretora.

Aí acontecem vários problemas: se o day trader estiver perdendo na operação , eles querem esperar até o último minuto do dia para encerrar as operações torcendo para o mercado jogar uma boia de salva-vidas no meio do oceano das perdas.

Porém, o departamentos de risco das corretoras geralmente não aguarda uma atitude consciente do trader até o último minuto e o zera compulsoriamente cobrando multas e taxas sobre esta operação alavancada.

Minhas sinceras condolências aos filhos do Bull Market: É nessas horas que se aprende que nada sobe pra sempre, e que alavancagem é uma ilusão gananciosa se não estiver financiada por fluxo de caixa.

Imagem
Repare nas machetes da Revista Exame. Compare com topos e fundos..

Usando Stops resolve?

Se o stop é o melhor amigo do trader e o protege contra si mesmo em operações normais, ele ganha ainda mais relevância nas operações alavancadas, já que mesmo uma pequena movimentação contrária, nada fora do comum, pode ser o estopim para que se torne uma perda significativa.

Porém o stop, não te salva se o mercado abre em gap…

Stop é apenas um elemento no gerenciamento de risco, na maioria das vezes o mais importante, mas nem sempre.

Gerenciamento de risco real, deve se fazer a seguinte pergunta conta: “quanto eu posso perder se tudo der errado? 

Se um vírus mortal começar a se espalhar pelo planeta ou se 2 aviões forem jogados de propósito por terroristas em um grande prédio em NY e as bolsas despencarem, quanto eu posso perder se houver um gap de 20% ‘pulando’ o meu stop ?”, “o que faço se eu estiver vendido em Petrobrás e a cotação do petróleo subir sem parar depois de um enorme gap de alta, seja lá qual o motivo?”

Lembro-lhe que uma ordem de stop NUNCA vai diretamente para o livro de ofertas. Isso deve ser lembrado em todos os momentos.

Dada essa característica, você ficará 100% dependente da liquidez do mercado na hora que seu stop for disparado. Independente da qualidade da sua plataforma e da sua corretora, bem como a configuração do computador e link de internet, se a liquidez do mercado não for prevista na hora de montar sua estratégia de trade, você correrá risco do seu stop ser disparado e se ele for stop limitado,  ficará no livro de ofertas sem executar. Mesmo se for um stop a mercado, em um gap, a ordem pode ser preenchida bem abaixo do planejado.

Estratégias para bolsa em queda

Estratégias de Compra:

Cotações em queda podem doer. Por isso a maior dificuldade ao investir na Bolsa é fazer as pazes com a volatilidade. Queda não é necessariamente perda. Muitas vezes é só uma queda momentânea. Respeite seu estômago a ponto de você gostar da queda e aproveitar para comprar mais.

Suas chances de ser bem-sucedido nos investimentos aumentam consideravelmente quando você:

– Diversifica sua carteira

– É paciente

– Entende que volatilidade é normal

– Compra bons ativos aos poucos periodicamente

Sempre falamos para sempre possuir caixa ou seja dinheiro com liquidez.

Mas quando a bolsa está em alta, a maioria das pessoas querem aplicar tudo 100% até o talo. A estratégia é deixar 20 a 30% pelo menos em uma aplicação com liquidez D+1 e a cada queda significativa, usar uma parte desse caixa-digamos 5 % por dia, aos poucos.

Como não dá pra acertar o fiofó da mosca. Se for comprar, compre aos poucos. Devagar.

Hedge é uma operação que reduz ou elimina o risco com a variação de preços indesejados mas o hedge é igual guarda chuva, melhor comprar quando tem sol. Porque quando está chovendo ele fica caro demais. O mesmo acontece com as proteções no mercado, não adianta esperar a queda para procurar defesas para sua carteira.

Um exemplo de Hedge poderiam ser  comprar PUTS (opções de venda) de BOVA11,  que funcionam como um seguro.

Não se pode aceitar se colocar numa situação de risco que poderá lhe quebrar.

Mas traders se abraçam à alavancagem para aumentar a sua exposição e aí que mora o perigo. É muito difícil gerar lucros de forma consistente. Perdas intermitentes e estendidas são parte das operações (por exemplo, um day trader pode sofrer oito perdas seguidas e só recuperar com lucro na nona operação).

Antes de fazer uso da alavancagem, primeiro verifique se o seu perfil enquanto investidor é adequado para este tipo de estratégia e se você está disposto a correr maiores riscos para ter a chance de turbinar seus rendimentos no mercado financeiro.

O acesso mais fácil ao financiamento bancário faz com que investidores utilizem alavancagem com mais frequência e em maior tamanho.

Estratégias de Venda

A Venda a descoberto (em inglês, short selling) é uma prática financeira que consiste na venda de um ativo ou derivativo -que não se possui, esperando que seu preço caia para então comprá-lo de volta mais barato e lucrar na transação com a diferença.

Para fazer isso você realiza duas operações: aluguel da ação que não tem -normalmente automático em algumas corretoras-  e  a venda deste mesmo ativo.

Mas por que vender uma ação que você nem possui?

Porque a estratégia é realizada quando há oportunidade de ganhos mesmo em momentos de queda do mercado.

Assim, se a cotação de fato cair, na hora de devolver a ação alugada você a comprará a um preço mais baixo no mercado à vista e ganhará nessa diferença de preços

Ao final do prazo do aluguel, as ações ABCD estão cotadas a R$ 6. Dessa forma, você vai recomprar as mesmas 1.000 ações que você alugou para vender, e que você precisa devolver ao doador, por R$ 6.000. Assim, você teve um ganho de R$ 4.000 nessa operação (sem contar custos operacionais) na diferença entre os R$ 10.000 que recebeu e os R$ 6.000 que pagou para entregar as ações ao doador.

Riscos: Quando você faz uma operação de short, você acredita que o mercado está numa tendência de baixa e os preços das ações vão cair. Caso o preço não caia, voce vai perder diinheiro. Além disso, caso o mercado entre em tendência de alta, a bolsa pode exigir mais garantias, ou seja, você pode ser chamado para depositar mais ativos junto à B3.

Dentro dessa estratégia caberiam ainda compra de puts, uma operação de compra de opções de venda porém com perda limitada ao capital.

Quando você começou a operar, o que ouvia constantemente?

Preserve sua capital. Preserve sua capital. Você ouviu, mas talvez não tenha escutado ou não entendeu. Se você não tem capital financeiro para usar, está fora do jogo.

Se você está perseguindo ou entrando apenas por entrar e está sendo chicoteado diariamente por perdas, gota por gota, ou em pedaços maiores, está fora do jogo. Se você está cortando seus trades vencedores muito rapidamente e deixando seus perdedores correrem, está fora do jogo.

Na verdade, não só o tempo é um fator de risco, mas principalmente o tamanho da posição é um fator de risco, e você precisará negociar um tamanho maior para obter retornos decentes em um prazo mais curto. De novo a tal da alavancagem…

O tamanho da operação (especialmente alavancagem), combinado com a falta de disciplina e planejamento, torna os daytrades “perigosos”.

Quebrar na bolsa significa perder tudo e em alguns casos ficar até devendo a corretora. Veja algumas maneiras de como é possível:

6 Maneiras de Quebrar na bolsa de valores

  1. vendendo opções (call ou put) a descobertonessa modalidade você pode ficar devendo.
  2. comprando a termo –nessa modalidade você pode ficar devendo.
  3. operando no mercado futuronessa modalidade você pode ficar devendo.
  4. vendendo ações descobertonessa modalidade você pode ficar devendo.
  5. comprando/vendendo ações com alavancagem no day tradenessa modalidade você pode ficar devendo.
  6. comprar ações/debêntures sem alavancagem de uma uma empresa e ela falir. Aqui você perde o dinheiro todo colocado na empresa, mas não fica devendo. Por isso quanto maior, mais lucrativa e organizada uma empresa é, tende a ser mais seguro investir nela.

O maior problema do investidor – e até seu pior inimigo – é provavelmente ele mesmo” Ben Graham

A máxima do investimento em bolsa é “Compre na baixa, venda na alta”.

Mas na prática, a ganância leva o investidor a comprar na alta e o medo, a vender na baixa.” Se continuar fazendo isso você também pode quebrar.

Imagem

No entanto, há algo muito mais importante sobre o capital. É financeiro e psicológico.

Seu capital financeiro é crítico, é claro. Dinheiro é dinheiro, e dinheiro compra coisas e faz algumas pessoas felizes. Se você não tem dinheiro, está fora do jogo. No entanto, o dinheiro é um subproduto do grande jogo da negociação.

Seu capital psicológico é a essência da pessoa que você é … como trader, investidor ou ser humano. A regra número um do investimento é: preservar seu capital psicológico. Isso significa tornar-se emocionalmente, mentalmente, fisicamente e espiritualmente forte e saudável.

Afaste-se de si mesmo e olhe com um olhar crítico, quase como se estivesse aconselhando outra pessoa o que fazer, como negociar ou como viver. Quando você é capaz de se remover de si mesmo, minimiza a carga emocional. Como as emoções costumam ser o maior inimigo do profissional, você se coloca em uma posição neutra. Você permite que as partes mais novas e pensantes do seu cérebro coloquem em perspectiva o cérebro primitivo mais antigo, impulsionado pela dopamina.

Esta é a jornada mais difícil que você tem como trader. Seu capital psicológico é tudo que você realmente tem. Você pode sair e ganhar mais dinheiro, pode entregar seu dinheiro a outra pessoa para gerenciar ou pode parar de negociar e investir em um fundo ou em alguma nova atividade. Você tem infinitas opções sobre o que fazer com seu dinheiro. Mas você tem apenas um corpo, uma mente e um espírito.

Quando você está estressado, privado de sono, contaminado com pensamentos preocupantes contínuos ou em um estado tóxico por causa de negócios ruins, junk food, ambiente desagradável ou relacionamentos disfuncionais, você não tem nada além de desespero, auto-aversão, raiva ou depressão. Você está em um estado de doença mental e física e serra de fita e absolutamente não deve estar negociando.

No final, se você perder sua saúde, você perde tudo. O dinheiro pode ser capaz de amenizar essa miséria, como colocar um curativo em uma grande ferida aberta.

curso-trader-completo
Curso Trader Completo

No entanto, a ferida se abre, é infectada e só piora sistematicamente, a menos que você lide com a fonte. Como sempre, você tem o poder de ser o melhor que pode ser em todos os aspectos da vida. É realmente incrível quando você pensa sobre isso. Você é o problema e você é a solução. Encontre a liberdade e a serenidade que acumulam quando você recondiciona e restaure seu capital psicológico.

Para concluir, recomendamos que você não se deixe seduzir pela ideia de alavancagem, e analise de modo frio e racional em qual operação vale a pena utilizá-la.

É comum que a alavancagem faça os olhos do trader brilharem com a perspectiva de ganhos acelerados, porém, se você já esta nesse meio há algum tempo, sabe que o excesso de entusiasmo com o mercado é um dos principais responsáveis por tirar traders do jogo.