Quando você empresta dinheiro para o governo (comprando títulos públicos) se torna credor do Brasil e de toda a população que sustentam o governo através dos impostos. O risco de calote é o menor que existe já que o Governo Federal pode conseguir dinheiro para pagar juros da dívida através de diversas formas: aumentando impostos, reduzindo despesas, aumentando juros para vender mais títulos ou até imprimindo dinheiro.

Para facilitar a vida dos iniciantes, o Tesouro Direto resolveu modificar o nome dos títulos públicos para que ficassem mais autoexplicativos. O primeiro desafio do novato, sempre foi decorar o significado da sopa de letrinhas: LTN, NTN-F, NTN-B, NTN-B Principal, NTN-F.

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) anunciou que vai mudar o nome dos títulos públicos negociados por meio do programa Tesouro Direto e a logomarca do programa. As alterações entrarão em vigor no dia 1 de fevereiro de 2015.

  1. As atuais LTN (Letras Financeiras do Tesouro) mudarão de nome para Tesouro Prefixado 20XX (inclui-se depois do nome o ano de vencimento do título).
  2. Já a NTN-F (Nota do Tesouro Nacional, série F) passa a chamar Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 20XX.
  3. A LFT (Letra Financeira do Tesouro) mudará de nome para Tesouro Selic 20XX.
  4. A NTN-B (Nota do Tesouro Nacional, série B) passará a chamar Tesouro IPCA + com juros semestrais 20XX e
  5. a NTN-B Principal se chamará Tesouro IPCA + 20XX

>>Veja aqui quanto pagam os titulos do tesouro direto hoje>>>

Anúncios